OMVC - Organização Multidisciplinar de Capacitação e Voluntariado

Ciranda Multidisciplinar do Coração.

CC COMPAIXÃO 2012.2

A palavra de ordem para a OMCV é multidisciplinaridade. E não se trata apenas de diferentes áreas do conhecimento atuando separadamente, uma depois da outra. Nada disso! Para a OMCV, multidisciplinaridade são as várias áreas de conhecimento trabalhando juntas, em sintonia, uma dentro da outra, formando um atendimento realmente integral, completo, que alcance todas as necessidades dos nossos educandos para assim abrir a possibilidade de uma vida melhor.

O Ciranda do Coração, nosso programa de atendimento psicológico, personifica bem esta ideia. Trabalhando em profunda parceria com o Dignitá, o Ciranda do Coração, na verdade, permeia todos os programas da OMCV, uma vez que lida com questões afetivas e dilemas emocionais que na maioria das vezes roubam do educando a capacidade de aprender novos conteúdos e de se desenvolver de forma saudável.

Embora nem sempre possamos contar as intervenções realizadas pelo Ciranda do Coração, resguardando assim nossos educandos, vez por outra temos uma situação que podemos apresentar, mesmo que rapidamente. Nossa educanda R., de cerca de 7 anos, começou a apresentar sinais de alerta para depressão. A irmã mais velha de R. havia falecido recentemente, em um possível suicídio. Para piorar, ela havia morrido em frente a irmã. Em nosso projeto parceiro, R. permanecia sempre só, pelos cantos e profundamente triste. O Ciranda do Coração entrou em ação, acompanhando a educanda, tratando nela a perda, a culpa e o sentimento de ausência, de falta. O Dignitá se encarregou de procurar a mãe e iniciar um acompanhamento, de perto, da família. Alguns meses de trabalho e R. já aparenta tranquilidade e alegria. Ela está se entrosando, construindo relacionamentos novamente, ao ponto de inclusive ter amigos mais próximos. A família está se reerguendo, e a esperança no futuro retornou.

São vários os casos em que a atuação do Ciranda do Coração iniciou o processo de transformação de comportamentos e cura de traumas emocionais. E o trabalho está apenas começando. A tarefa é enorme e há muito o que fazer, pois já faz bastante tempo que estas crianças foram abandonadas pela sociedade e relegadas a uma situação de risco e vulnerabilidade social. Passo a passo, no entanto, vamos seguindo em direção ao nosso objetivo: alcançar estas crianças de uma forma integral. Participe conosco dessa missão. Juntos podemos mudar o mundo.

Denise, psicóloga da OMCV, trabalhando com uma turma no Projeto Compaixão.